Noticias - Esfriamento do Amor | Ministério Apostólico Koinonia

 
 
  Esfriamento do Amor

Esfriamento do Amor

“E o amor de muitos esfriará por causa do crescente esfriamento da Torah”  Mt 24,12

No mundo físico, um dos sintomas mais visíveis e acertadamente o primeiro sinal de que algo vai mal com alguém doente, é a sua falta de apetite, o seu desânimo crescente, sua falta de vontade de sorrir, seu desinteresse em aprender; a tristeza passa a ser uma constante em seu semblante.

O seu corpo começa a interagir e  reagir, paulatinamente as conseqüências começam a aparecer, olhos baços e sem vida, braços pendentes ao longo do corpo numa atitude de típica dos derrotados, andar trôpego e cabisbaixo, sorriso cada vez mais raro e ausente, palidez cadavérica combinando com suas roupas.

Estes são alguns dos sintomas mais visíveis, porque interiormente o estrago é imensuravelmente maior, tal qual cupim, o mal avança corroendo as estruturas, sugando a seiva que nos  dá alento e traz vida. Internamente há uma debilidade total e colapso da bio.

Acabamos de traçar de traçar um paralelo ou analogia do que, espiritualmente acontece com todo aqueles que negligencia, qual louco, em alimentar-se diuturnamente com a Palavra de Deus, o Pão da Vida, a Torah Eterna, o Verbo Vivo.

Quando o ser humano deixa de amar, assemelha-se aos irracionais que não tem este sentimento. A falta de amor embrutece o ser humano e nos afasta do Criador, já que Ele entrelaça-se com o amor.

Quando o homem aniquila o amor dentro de si, o mais sublime de todos os sentimentos, ele se massifica e se coisifica.

O sorriso de uma criança, a imagem de uma mulher grávida ou de um homem de joelhos para ele não quer dizer absolutamente nada, a reverencia e a submissão a Deus e a intimidade passam a ser atitudes típicas e próprias para uma categoria a seu ver, de pobres ignorantes, retrógrados e fanáticos, pessoas que pararam no tempo e no espaço e cultivam comportamentos medievais.

Quando o amor do homem se esfria e se vai, o aqui e agora é o seu futuro. O Criador não consegue nem mesmo o papel de figurante no restante do filme de sua medíocre vida (...e como será triste o partir para a eternidade sem Ele).

Quando o amor se esfria e se vai, extingue-se a luz que nos conduz pelo caminho da busca da vida de santidade e intimidade com o Eterno Deus de Israel.

Como tudo isto começa a acontecer..

Quando o gastar tempo com Deus passa a ser monótono e desnecessário, quando depender do Espírito Santo e a busca por sua presença deixa de ser prioridade ou importante e até mesmo substituível, quando obedecer a Yeshua torna-se negociável ou esporádico.

O ativismo religioso, a falta de organização em nossas prioridades banais e mundanas, com o nosso “status quo” nos roubam o tempo. Desculpamo-nos dizendo que não temos tempo, quando tempo há e está à nossa disposição durante todo o tempo, já que o mesmo é uma questão de preferência, isto somado nos levam ao distanciamento da Toráh e conseqüentemente ao esfriamento do amor, trazendo como conseqüência a nossa morte espiritual.

O amor à Torah é como uma plantinha poderosa que nos leva mais e mais ao coração de Deus. Esta plantinha é capaz de arrebentar o mais duro mármore, basta olharmos as catacumbas nos cemitérios.

Este amor à Torah alegra e quebranta o coração do Eterno de Israel, fazendo com que Ele nos revele seus segredos e mistérios.

O amor à Torah atrai sobre nós uma capa invisível que nos protege dos ventos de doutrinas, nos conscientiza quanto às artimanhas do adversário e nos faz sabedores da vontade do Altíssimo.

O amor à Torah fortalece nossos músculos espirituais, nos traz vida e alegria, atrai a presença constante do Parácleto divino.

O mundo é dividido em quatro categorias de pessoas em relação ao seu comprometimento com a Toráh:

- os que a rejeitam aberta ou ocultamente;

- os indiferentes e omissos;

- os ignorantes e cegos; e

- os que a amam e obedecem.

Será que a ação e influência do mal tem sido tão constante no mundo hoje devido à falta do temor a Deus e o afastamento constante do homem da Torah?

O diagnóstico mais preciso e infalível que ADONAI disponibiliza ao homem para que ele meça o seu nível de intensidade do relacionamento para com Ele é simplesmente a altura da chama do seu amor pela Torah.

 

Ev. Luíz Carlos de Souza 




Voltar




Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2020

Informações: (63) 4141-5779
koinonia_palmas@hotmail.com


  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube